AddThis Social Bookmark Button

Dores de cabeça podem estar associadas à má postura

AddThis Social Bookmark Button

Cansaço muscular, fadiga e até dor de cabeça, são sintomas que costumam estar presentes na vida de muitas pessoas. Mas, o que poucos imaginam é que a má postura pode ser o indício inicial de todas essas dores. Segundo as estatísticas mundiais, 80% das pessoas sofrem de sintomas atribuídos à coluna vertebral.

Desde a forma como as pessoas se posicionam em frente ao computador até a quantidade de horas que elas permanecem na mesma posição durante o dia-a-dia, são alguns dos vilões que acarretam as indesejáveis dores.

A má postura não está restrita apenas ao ambiente de trabalho, o comportamento do indivíduo dentro de casa e até quando realiza exercícios podem intensificar o problema. Essa falta de preocupação com a postura, produz na coluna descompensações, que podem modificar a curvatura normal, causando problemas como escoliose, hipercifose e hiperlordose. Em casos mais graves a doença evolui para artroses, protusão e hérnias discais.

Leia mais...

Sedentarismo – um vilão a ser combatido

AddThis Social Bookmark Button

Antes de iniciar essa leitura, questione a si mesmo quantas vezes, você fez a seguinte afirmação: “Tenho que iniciar uma atividade física”. Pois é. Eis o grande dilema. Estamos sempre, “jurando de pés juntos”,  que precisamos e que iremos começar uma atividade física. O problema surge quando deparamos com obstáculos que nos impedem de dar esse “primeiro passo” e, então, caminhamos para o tão conhecido sedentarismo.

O sedentarismo é conhecido como a doença do século, juntamente com o estresse e a depressão. Definido como a falta, ausência e/ou diminuição de atividades físicas, ele está associado ao comportamento cotidiano decorrente dos confortos da vida moderna (nossos obstáculos). Pessoas que têm um gasto calórico menor que 2.200 calorias semanais são consideradas sedentárias ou com hábitos sedentários (Organização Mundial de Saúde - OMS).

No Brasil, não há dados sobre o custo do sedentarismo, mas recente relatório elaborado pelo Banco Mundial atribuiu 66% dos gastos em saúde às doenças crônicas não transmissíveis em todo o país.

Leia mais...

Cãibras: causas e prevenção

AddThis Social Bookmark Button

Quase todo mundo já passou pela experiência de sentir um incômodo instantâneo num músculo do corpo, a famosa cãibra.

Quem já teve sabe... É uma dor paralisante, que pode durar de alguns segundos a vários minutos.

Cãibras são contrações repentinas, involuntárias e dolorosas que atingem um músculo ou grupo muscular, ocorrendo com mais frequência durante ou após atividades físicas intensas, e ocasionalmente em repouso, podendo ser causadas por diversos fatores.

Leia mais...

Qual melhor horário para exercitar?

AddThis Social Bookmark Button

Muitas vezes a primeira dificuldade para iniciar um programa de exercícios é estabelecer um horário regular para fazê-lo.

O trabalho, a família, eventos sociais e outras obrigações podem dificultar ainda mais esta escolha. Algumas pessoas têm mais tempo e energia na parte da manhã, outras preferem o  período da tarde ou a noite.

Mas, afinal de contas, há diferença ao se exercitar pela manhã, à tarde ou no final do dia? Como o nosso corpo se comporta?

Saiba que tanto quanto estar motivado, escolher o turno ideal para fazer exercícios pode fazer a diferença entre o seu sucesso ou o fracasso nessa empreitada.Tem quem não abre mão de exercitar no final da noite. Outros consideram a parte da manhã o melhor horário.

Cada pessoa rende melhor em determinadas atividades em um dos turnos do dia. Isso se explica pelo chamado ritmo circadiano, que determina se uma pessoa consegue, por exemplo, se concentrar mais nos estudos, pela manhã, à tarde ou à noite. Assim também funciona com as atividades físicas.

Leia mais...

Sou sua bolsa, não seu armário!

AddThis Social Bookmark Button

Com vários compartimentos , texturas diferentes, cores e até formatos anatômicos as maxi bolsas são sinal de modernidade para quem as carrega, ainda mais se elas forem de couro ecológico, lona, de algodão ou tecido. Mostra que além de chique a mulher respeita a natureza.

As mulheres aderiram às Maxi Bolsas para poder carregar tudo o que precisam ou que acreditam ser “imprescindíveis”: carteira, celular, maquiagem, perfume, agenda, cremes, chaves, guarda chuva, casaquinho, enfim, inúmeros objetos que serão, ou não, úteis no decorrer do dia. E o grande perigo que se esconde aí: o PESO delas para o corpo. Com tanto peso, é quase impossível não sentir dores nas articulações e coluna.

Visto que a maioria delas é carregada em um só ombro, o peso dos objetos se concentra em apenas um lado do corpo, o que pode provocar uma sobrecarga desproporcional e causar dores nos ombros e em outras regiões. Além das dores nos ombros, a região da cervical também acaba sendo prejudicada e o que era apenas uma dor se torna algo muito mais complicado do que o imaginado, como, por exemplo, um desvio de coluna.

Leia mais...

Mais Artigos...